Biografia

João Lara Mesquita é músico de formação, jornalista e fotógrafo.

Entre 1982 e 2003 foi diretor da Rádio e Estúdio Eldorado, pertencentes ao Grupo Estado.

Primeiro jornalista brasileiro a acompanhar e cobrir o raly Paris-Dakar, em 1990.

Quarto brasileiro a participar da prova, na edição de 1997 Dakar- Agades- Dakar,  como navegador de Klever Kolberg.

Membro fundador (e conselheiro) do Núcleo União Pró- Tietê, por sua vez ‘ligado juridicamente’ à Fundação SOS Mata Atlântica, ONG que desde 1990 comanda a campanha pela despoluição do rio Tietê. João foi conselheiro do Greenpeace de 2001 a 2004. Desde janeiro de 2014 é conselheiro da CI- Conservation International.

Capitão amador, acumula mais de 60 mil milhas navegadas.

Pai do Luis e José.

Foco: estudar e divulgar (via documentários, artigos, palestras, site e redes sociais) as questões relativas ao mar e à zona costeira . A viagem pela costa brasileira, resultado prático deste objetivo, foi uma expedição minuciosa e única.

Autor de  O Brasil visto do Mar Sem Fim (indicado ao Prêmio Jabuti, em 2008, na categoria Reportagem), diário de suas navegações pela costa brasileira que também rendeu uma série de documentários (90 episódios e dois anos no ar) para a TV Cultura de São Paulo (e TVE do Rio de Janeiro); lançou ainda  Eldorado – a rádio cidadã, e Embarcacões Típicas da Costa Brasileira.

Em 2009 navegou com o trawler Mar Sem Fim de Santos até a Antártica para produzir cinco documentários para a Rede Bandeirantes de Televisão.

No verão de 2010 – 2011 fez uma segunda viagem quando o Mar Sem Fim naufragou, na ilha Rei George, Shetand do Sul.

Em 2012 a bordo do Navio de Socorro a Submarinos, Felinto Perry da Marinha do Brasil, pela quarta vez foi para a Antártica desta vez  resgatar o Mar Sem Fim e produzir novos documentários mostrando a faina.

Todo o material recolhido está neste site.