Quebra-gelo e resgate de navios chinês e russo, Antártica

0
663
views

Quebra-gelo dos EUA vai a resgate de navios chinês e russo na Antártica

O navio russo pretendia refazer a viagem do explorador australiano Sir Douglas Mawson. Esta viagem ocorreu entre 1911- 1914, e é considerada uma das mais épicas e heróicas da Antártica. Mowson foi tripulante de Shackleton- Nimrod Expediction (1907 -09)- até que comandou sua própria expedição. Agora um Quebra-gelo norte americano segue para resgata-lo.

Navio russo preso

A bordo do navio Aurora Mowson deixou Hobart em dezembro de 1911. Em 7 de janeiro de 1912 atingiu a baía que batizou “Commonwealth Bay”. Foi nesta baía que o navio russo acabou preso. A bordo estavam cientistas e turistas. Eles foram resgatados por um helicóptero do navio chinês Dragão de Neve que também acabou aprisionado.

Os dois  não correm risco de naufragar e têm suprimentos suficientes. Agora aguardam o resgate do quebra- gelo norte americano “Polar Star” que, neste momento, navega em direção à Antártica.

Da Efe.

O navio quebra-gelo americano Polar Star se dirige para a Antártica para socorrer os navios chinês e russo presos em um mar gelado.

Quebra-gelo, imagem de navio quebra- gelo da US Coast Guard
O navio quebra- gelo de resgate

Navio quebra-gelo americano Polar Star se dirige para a Antártica para socorrer os navios chinês e russo presos em um mar gelado (Foto: Elaine Thompson/AP)

Navio quebra- gelo chonês encalhou

O navio quebra-gelo chinês Xue Long (Dragão de Neve) ficou encalhado no gelo antártico na quinta-feira passada após ajudar com seu helicóptero o resgate de passageiros do navio expedicionário russo Akademik Shokalskiy, preso desde  24 de dezembro.

As autoridades de Austrália, Rússia e China solicitaram a ajuda do Polar Star, um dos maiores navio quebra-gelo dos Estados Unidos, para socorrer os dois navios. Eles não correm perigo de afundar e contam com suficientes provisões .

O comandante da Guarda Costeira americana, o vice-almirante Paul Zukunft, afirmou que o navio quebra-gelo interromperá sua visita a Sydney e partirá neste domingo (5) em uma travessia de sete dias rumo à baía de Commonwealth, onde os navios estão presos. Zukunft. assegurou que

Nossa maior prioridade é a segurança da vida no mar, que é por isso que vamos ajudar a abrir vias de navegação para esses navios

Quebra-gelo, imagem de mapa da baía onde estão os navios presos no gelo antártica
A baía onde estão os navios marcada em vermelho (Wiki Voayge).

Assista o vídeo da ABC News sobre a viagem de Mowson.

Assista vídeo do Costa Concórdia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here