Naufrágios no Rio de Janeiro, conheça alguns

0
542
views

Naufrágios no Rio de Janeiro: conheça os que aconteceram no litoral do Rio de Janeiro

Naufrágios no Rio de Janeiro: há um total de 351 naufrágios que podem ser visitados por mergulhadores. No portal Naufrágios do Brasil você confere a lista completa. Há datas e detalhes de cada um desses naufrágios.

naufrágios no Rio de Janeiro

De acordo com a Marinha, mais uma embarcação, identificada como “Mercurio Del Golfo”, naufragou a cerca 167km do litoral sul do Rio de Janeiro. Seis, dos sete tripulantes, foram regatados por um navio da Petrobras. Um ainda permanece desaparecido.

A embarcação, que pertencia a empresa Camorim Serviços Marítimos. Ela teria chegado a emborcar, permitindo a entrada de água no convés e em outros compartimentos. A Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ) informou que será aberto um inquérito .

Segue nota da Marinha do Brasil

O Navio-Patrulha Guaporé foi enviado para auxiliar na busca do desaparecido. Procurada, a empresa Camorim Serviços Marítimos não quis se manifestar.

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro (CPRJ), informa que por volta das 14h30 desta segunda-feira, 09.03.2015, tomou conhecimento de que o navio “Mercurio Del Golfo”, pertencente à empresa Camorim Serviços Marítimos, adernou a cerca de 90 milhas náuticas da cidade do Rio de Janeiro.

Por volta das 22h, a embarcação afundou em uma profundidade de mil e quinhentos metros. Dos sete tripulantes que estavam a bordo durante o ocorrido, seis foram resgatados por um navio da Petrobras. Um está desaparecido.

Naufrágios no Rio de Janeiro, e a história do Brasil

Durante o caminhar da história do Brasil, desde a descoberta no sec 16, acredita-se que aconteceram mais de 300 naufrágios no Rio de Janeiro.

A lista e as histórias de cada saga você pode encontrar no portal Naufrágios do Brasil.

naufrágios no rio de janeiro

O Vapor Buenos Aires

Uma das histórias que nos leva a viajar no tempo e na história das navegações pela costa brasileira é a do antigo navio a vapor Buenos Aires. O paquete foi lançado ao mar em outubro de 1829 e era considerado na época um dos navios mais modernos para transporte de cargas e passageiros pela América do Sul e Europa.

Em 1890, o Buenos Aires seguia da Bahia para o Rio de Janeiro quando por um defeito, uma das caldeiras explodiu, fazendo com que a embarcação passasse a navegar um pouco mais devagar.

O capitão então cansado, decidiu deixar o timão na mão de um experiente imediato. Porém, muitos passageiros vendo uma ilha e um farol se aproximarem decidiram acordar o capitão que, num primeiro momento, não deu ouvidos aos passageiros preocupados.

Foi então que à 00h25 do dia 24 de julho de 1890, o capitão decidiu ir ao convés para ver para onde a proa apontava e percebeu que estavam em rota de colisão com a Ilha Rasa- RJ.

Era 00h30, o farol estava aceso, a noite iluminada por uma lua cheia e o mar calmo, porém, era tarde de mais. O capitão ordenou a reversão das máquinas, mas não teve tempo suficiente para livrar seu navio da colisão com a ilha.

Tumulto e pânico tomou conta do navio e passageiros e tripulação começaram a descer ao mar pelas balsas-salva-vidas. Todos foram salvos, inclusive o capitão, e resgatados no interior da Baía de Guanabara pela Marinha do Brasil.

Um inquérito foi aberto para apurar a denúncia de que o naufrágio havia sido propositalmente provocado.

Acompanhe no vídeo abaixo um mergulho pelo naufrágio Buenos Aires.

Conheça o Mary Celeste famoso navio fantasma americano.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here